Confusion ou Confúcio

“O homem superior faz o que é adequado a posição que ocupa, ele não deseja ir além disso”. Confúcio (551 a.C – 479 a.C)

Confúcio foi um filósofo chinês que ficou famoso por causa de um provérbio que tá mais em voga teoricamente que na prática: “Não faça com os outros o que você não gostaria que fosse feito com você”. Complicado exercitar virtudes quando tudo em volta diz para você fazer ao contrário, não é mesmo?

Recentemente descobri um termo muito peculiar e que de certa forma pode ser a chave para muitas futuras descobertas, a Panspermia Cósmica. É a ideia de que nosso planeta recebeu uma poeira cósmica do universo, ou um DNA alienígena cujas condições atmosféricas permitiram a formação de aminoácidos e proteínas para constituição das celúlas nos seres vivos. Tô achando que essa ideia tá ficando mais interessante do que o sopro de Afrodite no barro, ou a misteriosa constituição da costela de Adão em Eva.

Mas voltando à Confúcio, se essa ideia de sermos parentes de alinígenas pudesse nos conceder um status superior, uma oportunidade de escolha para sermos mais virtuosos, éticos e sábios, por que ainda erramos tanto?

Há quem diga que uma pessoa experiente é uma pessoa que errou muito, ou se confundiu antes de fazer escolhas mais sensatas. Há quem diga que “errar é humano, mas permanecer no erro é americano”. Quem sabe o pó dos aliens aqui nas Américas foi em menor quantidade e permanecemos aqui pouco desenvolvidos em tentativas de desenvolvimento.

De fato padecemos de pouca experiência e muita confusão, somos os seres vivos mais caçula do mundo querendo ter catarro universal. Pois, fui realmente entender as atitudes de minha mãe quando me tornei mãe. Missão fácil, não é. Respeito muito quem decidiu por não ser. Há de se pensar bastante para conseguir passar por esta etapa da vida. Respeito mais ainda a coragem das que optaram em ter e se absteram de suas próprias vontades para satisfazerem a de seus filhos, os educando a não fazerem aos outros o que não gostariam que fosse feito à eles. Erramos muito até ter uma certa experiência, no entanto seguimos confusas, mas confiantes no futuro.

Minha admiração às mulheres e mães, que de uma forma ou outra erram ou se confundem sobre as escolhas e teorias de fraternidade, maternidade e humanidade! Afinal somos humanas, digamos, com uma pitada de alien, mas feitas de carne, osso e emoção!

“O homem superior honra seus pais”.

“Se queres prever o futuro, estuda o passado”.

Eu, minha irmã mais velha e nossa irmã mais nova (a Galeria, fundada em 1980).

Obrigada, mamãe, você ocupa a posição de nossa eterna Matriaca! Obrigada, Confúcio, seguimos aprendendo!

Foto Gutta Guerra