BLOG

pele vermelha em terra estrangeira

O detalhe da obra do artista goiano, Gustavo Rizério é sua nova série inspirada no artista austríaco, Gustav Klimt. A delicadeza tratada sobre a beleza feminina, o detalhe com o figurino, o tratamento das cores e a solução plástica das formas geométricas transfiguram a sensibilidade de um brasileiro em terras estrangeiras.
Sua perspicácia em captar o espítito pictórico dos movimentos artísticos de cada época é o principal elemento de sua pesquisa como um cidadão artista.
Today, Rizério atua como tatuador num dos principais bairros novaiorquinos e traz esta experiência de cores e formas  corporais às brancas telas que pinta entre um intervalo e outro, de sono!!!
Há mais de um semestre nos States, Rizério guarda muitas novidades para nosso Brasil veranil… We’re waiting…

my sister’s animal in chinese horoscope

Olah, amigos… nâo sei se jà mandei essa mensagem pra vcs ou parte de vcs… em todo caso, aqui vai de novo: 2010, como todos sabem, é o anos do Tigre de Metal! Mudanças radicais à vista, segundo reza o calendàrio chinês! Eu prefiro usà-lo, em detrimento do bom e velho gregoriano, nâo soh pq ele me dà mais tempo para confeccionar cartôes de feliz ano novo ( o inicio do ano do tigre é dia 14 de fevereiro, ou algo assim… ) mas também pq é mais divertido desenhar bichinhos que numeros…

Em todo caso, os nossos amigos chineses prometem q reviravoltes baterâo à nossa porta ese ano… eu, pessoalmente, jà deixo a minha bem aberta! 🙂 abraços e beijos, e muita felicidade, amigos!

 

e até breve!

por Tulio Caetano

uma imagem, mil palavras

Vilarejo

Há um vilarejo alí
onde areja um vento bom
na varanda quem descansa vê o horizonte deitar no chão
pra acalmar o coração
lá o mundo tem razão

Terra de herois
lares de mãe
paraíso se mudou para lá
por cima das casas cal
frutas em qualquer quintal
peitos fartos
filhos fortes
sonhos semeando um mundo real
toda gente cabe lá
palestina shagrilá

Lá o tempo espera
lá é primavera
portas e janela ficam sempre abertas pra sorte entrar
em todas as mesas pão
flores enfeitando
os caminhos
os vestidos
os destinos e essa canção
tem um verdadeiro amor
para quando voce for

*Marisa Monte

Foto: Anna Christina 

dance brazil

Com ritmos genuinamente brasileiros, o Grupo de Dança, DANCE BRAZIL faz turnê nos Estados Unidos da América, divulgando o nosso dendê!!! Com coreografias e direção de arte do Mestre de Capoeira e bailarino formado, Jelon Vieira é possível conferir uma prévia no link abaixo!!! Só pra quem ama ser brasileiro, camará!!!

DanceBrazil
246 West 38th Street, 8th floor
New York City, NY 10018
Tel – 212/382-0555
Fax – 212/278-8555
dancebrazil@mac.com
www.dancebrazil.org
www.capoeiraluanda.com

olafur eliasson

”Nós relacionamo-nos com o espaço, andamos por cima dele ou intervimos nele e o espaço, dada a sua ideologia aberta, consegue mostrar-nos o que nós somos nele”.

Olafur Eliasson, artista alemão. Depoimento ao Art Book vol. 2, Ed. Taschen.


foto: gustavo oliveira, em Inhotim, Brumadinho/MG.

Lançamento do Pindura 2010 | Goiânia!

Com o novíssimo aparato para contagem dos dias do ano™, você pode se orientar visualmente no tempo. Dividido em meses, semanas e dias, o exclusivo aparato para contagem dos dias do ano™ permite agendar compromissos, lembrar aniversários, descobrir feriados, planejar o futuro e riscar o passado.


Conheça o calendário! http://pindura2010.blogspot.com/


Dia 30 de janeiro, sábado, às 18h, no Restaurante/Bar Pin-Up (Av. T-1, 2633, Setor Bueno)

por
Lupe Vasconcelos
ilustradora


flávio samelo – SP

Posters com fotos de skate 

Ola amigos
Desde quando comecei a andar de skate, sempre gostei dos posters com fotos de skate que vinham nas revistas e acho que por isso até comecei a fotografar. Já fiz alguns posters desses pelas revistas de skate onde tive fotos publicadas antigamente, e agora junto com o pessoal da Urban Arts, decidimos fazer uma série com as fotos de skate que mais gosto no meu acervo dos últimos 15 anos fotografando por ai. Espero que vcs gostem!

fotos de Flávio Samelo, parte do trabalho de intervenção na Potrich Galeria, em 2008. Em exposição SALE 50% OFF.

qualidade de vida

Você tem qualidade de vida???
Qual dessas duas paisagens fazem parte de sua vida diariamente?
Você acredita que o contato direto com a natureza revitaliza suas energias?
Se você não tem o privilégio de estar diariamente em contato com a natureza, qual recurso utiliza para revitalizar suas energias dentro de seu lar?
Você acredita que o contato direto com a arte revitalize suas energias?
Você quer fazer um

  • Mude as coisas de lugar, 
  • troque as antigas fotografias do seu porta-retrato por outras mais recentes, 
  • compre um vaso de plantas, 
  • aprenda mais sobre Feng-Shui, 
  • adquira uma obra de arte… 

Tente, experimente. Qualidade de vida é uma escolha e não uma imposição.

Acesse ao link e saiba mais: MORAR COM ARTE

depoimentos

”Achei ótima essa promoção! Acredito que essa oportunidade possibilita os jovens colecionadores, como eu, a adquirir obras de arte com valores modestos. Penso que é bom para os artistas, para os colecionadores e para o mercado de arte.” VICTOR TOMÉ, arquiteto.
”Estávamos de passagem e ao observar a fachada da Galeria de Arte, SALE 50% OFF, resolvemos dar uma olhadinha! Nunca havíamos entrado na Galeria e, realmente foi uma experiência muito boa. Gostamos de ter conhecido e, com certeza voltaremos mais vezes.” ANA CLÁUDIA ABREU e família.
”Quem me indicou a Galeria foi o Cleandro Jorge (ex-aluno). Me interessei pela promoção e, apesar de não conhecer a Galeria (só ilustrando o post a obra do artista, Cildo Meireles, ZERO DOLAR)

uma curiosidade

Mandala (मण्डल) é a palavra sânscrita que significa círculo, uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo. De fato, toda mandala é a exposição plástica e visual do retorno à unidade pela delimitação de um espaço sagrado e atualização de um tempo divino.
Nas sociedades primitivas, o ciclo cósmico, que tinha a imagem de uma trajetória circular (circunferência), era identificado como o ano. O simbolismo da santidade e eternidade do templo aparece claramente na estrutura mandálica dos santuários de todas as épocas e civilizações. Uma vez que o plano arquitetônico do templo é obra dos deuses e se encontra no centro muito próximo deles, esse lugar sagrado está livre de toda corrupção terrestre. Daí a associação dos templos às montanhas cósmicas e a função que elas exercem de ligação entre a Terra e o Céu. Como exemplo, temos a enorme construção do templo de Borobudur, em Java, na Indonésia. Outros exemplos que podemos citar são as basílicas e catedrais cristãs da Igreja primitiva, concebidas como imitação da de Jerusalém Celeste, representando uma imagem ordenada do cosmos, do mundo.
A mandala como simbolismo do centro do mundo dá forma não apenas as cidades, aos templos e aos palácios reais, mas também a mais modesta habitação humana. A morada das populações primitivas é comumente edificada a partir de um poste central e coloca seus habitantes em contato com os três níveis da existência: inferior, médio e superior. A habitação para ele não é apenas um abrigo, mas a criação do mundo que ele, imitando os gestos divinos, deve manter e renovar. Assim, a mandala representa para o homem o seu abrigo interior onde se permite um reencontro com Deus. Um exemplo bem típico brasileiro de mandala, a partir da arquitetura, é a planta superior da Catedral de Brasília.
Em termos de artes plásticas, a mandala apresenta sempre grande profusão de cores e representa um objeto ou figura que ajuda na concentração para se atingir outros níveis de contemplação. Há toda uma simbologia envolvida e uma grande variedade de desenhos de acordo com a origem.
Originalmente criadas em giz, as mandalas são um espaço sagrado de meditação. Atualmente são feitas com areia originárias da Índia. Normalmente divididas em quatro secções, pretende ser um exercício de meditação e contemplação. O objetivo da arte na cultura budista tibetana é reforçar as Quatro Nobres Verdades. As mandalas são consideradas importantíssimas para a preparação de iniciadores ao Budismo, de forma a prepará-los para o estudo do significado da iluminação.
O processo de construção de uma mandala é uma forma de meditação constante. É um processo bastante lento, com movimentos meticulosos. O grande benefício para os que meditam a partir da mandala reside no fato de que a imaginaram mentalmente construída numa detalhada estrutura tridimensional.
No processo da construção de uma madala, a arte transforma-se numa cerimônia religiosa e a religião transforma-se em arte. Quando a mandala está terminada, apresenta-se como uma construção extremamente coloria. Depois do ciclo é desmanchada, a areia é depositada, geralmente, na água. Apenas uma parte é guardada e oferecida aos participantes.
Um monge inicia a destruição desenhando linhas circulares com seu dedo, depois espalham a areia e a colocam em uma urna. Quando a areia é toda recolhida, eles apagam as linhas que serviram de guia à construção e despejam a areia nas águas do rio.
FONTE: wikipédia
FOTO: Vinicius de Castro
MANDALAS: Luiz Mauro (esquerda), Gilvan Cabral (acima) e Luiz Antônio (abaixo). Obras em exposição com 50% de desconto.